NovidadesTecnologias

Mensagem enviada por laser de 16 milhões de quilômetros de distância chega à Terra

Esta é considerada a demonstração mais distante de comunicações ópticas

Pela primeira vez, uma mensagem transmitida por laser infravermelho de 16 milhões de quilômetros de distância chegou à Terra, em uma experiência no espaço profundo conduzida pela Agência Aeroespacial dos Estados Unidos (Nasa) a bordo da nave espacial Psyche. O experimento Deep Space Optical Communications (DSOC) – Comunicações ópticas no espaço profundo, de tradução livre – é um experimento que pode transformar a forma como as espaçonaves se comunicam.

Esta é considerada a demonstração mais distante de comunicações ópticas. “O experimento da Nasa enviou um laser infravermelho próximo codificado com dados de teste de quase 16 milhões de quilômetros de distância – cerca de 40 vezes mais longe do que a Lua está da Terra – para o Telescópio Hale no Observatório Palomar do Caltech, no condado de San Diego, Califórnia”, afirmou em comunicado.

A bordo da nave espacial Psyche, lançada recentemente em outubro deste ano, o DSOC está configurado para enviar dados de teste de alta largura de banda para a Terra durante a sua demonstração tecnológica de dois anos, enquanto a Psyche viaja para a principal cintura de asteroides entre Marte e Júpiter. O Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da Nasa no sul da Califórnia é o responsável pelo DSOC e pala Psyche.

De acordo com a Nasa, a demonstração técnica alcançou a “primeira luz” nas primeiras horas de 14 de novembro deste ano. “Depois que seu transceptor laser de voo – um instrumento de ponta a bordo do Psyche capaz de enviar e receber sinais infravermelhos próximos – foi travado em um poderoso farol laser uplink transmitido do Laboratório de Telescópios de Comunicações nas instalações de Table Mountain do JPL, perto de Wrightwood, na Califórnia.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *